Libertação ou Liberação

As transformações não se dão de uma hora para outra…. elas também não têm uma única causa, nem uma única conseqüência.

Todo um processo está sempre em curso… desde que morri, vem se desenvolvendo em mim uma série de transformações.
Algumas delas são bem interessantes, porque, na verdade, venho me tornando EU MESMO!
A cada dia, fico mais parecido comigo quando era adolescente ou criança.
Naquela época, porém, eu “era” em teoria…. digo, eu não podia agir como pensava/sentia… ou meu raio de ação era muito limitado.
Mas minha percepção de mundo era muito diferente da percepção de meus circunvizinhos…
Passei por todo um processo de decadência e “humanizamento”… aprendi a agir como uma pessoa “normal”, insuportavelmente.
Consegui estabelecer contato com os humanos, de forma que eles não me estranhassem muito, exceto depois de algum tempo de convívio.
Mas isto que descrevo é o passado… o tempo anterior à minha morte.
Agora, renascido, começo a reassumir minhas posições… porém, sobre outros aspectos da vida… sobre situações que na infância e adolescência não vivia.

Este processo, desencadeado a cada dia por um novo fator, vem despertar em mim, várias buscas… pela dança, pelo canto, pelo desenho e, agora, talvez, pela pintura… nunca antes, tive vontade de pintar!
De todas as “artes” com as quais tive algum flerte, a única que permaneceu comigo, desde sempre, foi a de escrever. Mas ela também foi maculada por longo tempo….
A primeira supressão foi quando a Andréia leu um texto meu, sem autorização e daquilo deu-se um horror, passei a escrever de forma cifrada… e, de fato, passei a escrever menos.
Um dia, queimei tudo o que escrevi! Foi um primeiro processo de renascimento…
Depois continuei a escrever, mas de forma mais compreensível para o externo, o outro.
Houve tempos de poesia, de devaneio, de ira, de delírio… e, agora, o tempo de libertar-se!
Tenho ímpetos de escrever livremente…. tenho vontade de escrever aqui, livremente… e farei isso!
Mas, por alguma consideração para com quem quer que seja que leia esta página, é interessante este preâmbulo…. para não pensarem que eu era “normal” e enlouqueci e sim para saberem que sempre fui “diferente”, só andei meio esmagado pela vida, mas agora, retorno às origens.

Anúncios

Uma resposta to “Libertação ou Liberação”

  1. Gabi Says:

    Eu tambem pensei ter morrido uma vez,
    Acredito que passamos por situaçoes parecidas,
    Pude sentir os varios Eus que jah tive,
    Vejo que a mudança e´ sempre feita para melhor!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: