Virtual…

quarta-feira, 6 de outubro de 2004

Tenho estado conectado quase que o dia inteiro… e isso tem me permitido acompanhar a moda internética… e-mails, orkut, messengers, blog, flogs…
Mundo louco, divertido, inusitado, imagético…. paradoxal. A moda é ser virtual… tu encontra uma pessoa na rua e ela pergunta: “-Tu tá no orkut?” Resposta: – Não, estou aqui, diante de ti! Uma pessoa aparece do nada no teu msn: “- O que você faz? … Deixa eu ver teu perfil?”
O mundo está se mudando pra dentro dos discos rígidos dos servidores ao redor do mundo!?!?! Não importa o que eu digo, na hora, na lata. Importa o que eu deixei como estandarte do meu ser… por mais falso que seja o estandarte, ele tem prioridade sobre minhas palavras.
As pessoas criam perfis virtuais e querem conhecer muita gente… aí tu te apresenta para alguém e a pessoa morre de desconfiança. Elas querem conhecer, mas não ter contato!!!!!!!!!!! Aí, tu te depara com o inverso… tu conhece uma pessoa e ela te trata bem, conversa, quer conhecer…. e tu descobre que ela quer namorar, ou transar ou algo do gênero. Não existe meio-termo, não existe espaço para o relacionamento orgânico… ou tu transa ou “sai da minha lista”! Ou transa ou é “bloqueado”, “preso”, et-cetera…
O outro aspécto gritante: No orkut há diversas comunidades assim: “Eu odeio agaraçrahah!” ou “Eu amo ahhagahah!” ou “Eu amo o MEU akljrçaghgha!”. As relações já são virtuais e ainda porcima são extremadas!
Estamos numa era do ODEIE ou AME…. e de preferência que o faça à  distância.
(…)
Um dia, li num livro de astrologia que o mundo estaria na Era de Aquário, por esta época e que isso faria com que a comunicação se tornasse vertiginosa, que toda informação circularia indiscriminadamente ao redor do globo em alta velocidade… Noutro livro, também de astrologia, falavam justamente isso… que nessa época tudo estava sendo tratado em frias telas de computadores [apesar das telas serem quentes, normalmente], na verdade a autora referia-se a dados estatísticos sobre fome e miséria… que as pessoas estavam tentando reduzir os números da dor e não a dor em si… – foi o q entendi. De qualquer forma, a visão astrológica já nos apontava pra esse mundo virtual… globalizadamente individualista. Mas, veja bem: Eu sou Aquariano e estou chocado com tudo isso!!!!!! Apesar de entender os processos e as tendências, apesar de ser um pouco assim, ultra-relacionado mantendo meu ultra-individualismo, choca-me a velocidade e a dimensão que estas características estão se propagando e arraigando….
Será que um black-out geral e prolongado não seria benéfico?????

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: