X x XX

Algumas vezes umas “meias-idéias” assaltam-me a mente…. é uma espécie de esboço de idéia.
Daí eu fico pensando sobre aquilo e tentando achar sentido para o pensamento relâmpago que tive.. Ah! Então chama-se ‘lampejo de idéia’ !

Meu lampejo, desta vez, foi sobre esta violência descabida contra as mulheres, por parte dos homens.
Estava aturdido sobre o porquê destes ‘auto-entitulados’ “homens” (coisa que não são nem por sonho ou delírio) agredirem as mulheres como se às odiassem de todo o coração, a despeito da característica natural e óbvia do ser XY inclinar-se para o ser XX e vice-versa, para a perpetuação da espécie [que é o propósito único dos seres biológicos, antes de se passar para os estágios mais complexos que envolvem razão e decisão].

Sempre que vejo um suposto homem menosprezando uma mulher penso que ele tem inveja dela, por ela ser uma Mulher enquanto que ele não passa de um…. ‘homem’. Penso que toda esta revolta só pode ser proveniente de uma sensação de inferioridade.
Porque, veja, tu não vês os homens humilhando os ratos, as moscas, as rãs…. ou qualquer ser que, pelo senso popular, seja tido como ‘inferior’ à raça humana.
As pessoas só atacam o que lhes ameaça. O que lhes está obstruindo algum ganho.
Se tu quiser discutir que tribos fortes atacam tribos fracas, vais observar que fazem isso pra tomar um espaço físico ou algum “bem” que estes ‘fracos’ tenham. Não é por sadismo puro [ainda que existam sádicos, como também há os cruéis que maltratam os ratos, as moscas, as rãs….].

Pois bem…. partindo do ódio masculino às mulheres… fiquei pensando onde estaria este ódio? A orígem deste ódio. O lampejo foi em relação a esta inveja contra as mulheres e, instantaneamente, me veio o cromossoma X à mente.
Um lampejo não é uma coisa linear. Por isto este texto é chato de escrever…. já que tenho que escrevê-lo “linearmente”… seguirei o raciocínio, assim.

Claro, o simples fato de ser Homem talvez não seja suficiente para invejar as mulheres. Ou talvez seja. Vai depender da tua capacidade de percepção e racionalização para que esta inveja deixe de ser inveja e restrinja-se à admiração – pq, afinal, inveja tem algo de admiração, não será?

Buscando um pensamento antigo, meu…. lá dos tempos da adolescência… aulas de biologia do segundo grau, concluí que, se as mulheres são XX e os homens são XY, então os homens são mulheres defeituosas. Para colaborar com esta versão, vêm em meu auxílio as mitocôndrias. Se somente mulheres transmitem mitocôndrias para seus filhos, toda a humanidade trás mitocôndrias de uma matriz feminina primordial. Logo, o feminino precede o masculino.

Além disso, se analisarmos as estruturas genitais dos humanos, observamos que o pênis é, apenas, um clitóris desenvolvido.  Eu tive oportuindade de ver um video que um colega assistia no seu PC, em que aparecia uma genitália “fora do padrão”…. de tal sorte que se percebia PERFEITAMENTE que o que forma os lábios maiores na mulher, vão formar o revestimento do pênis no homem e a parte mais inferior vai fechar-se formando a bolsa escrotal.
Infelizmente, não tenho o video para publicar.  Mas ok, podemos ignorar este adendo.

Fiquei então imaginando que no cerne da biologia masculina há uma inconformação por termos apenas um X… perdemos nossa perfeição! Mas as mulheres, por obra do acaso, permanecem perfeitas.

Em mim, esta condição traduz-se em admiração eterna! Reverencio eternamente a perfeição feminina!
Mas isto se dá pq em tudo eu sou assim. Admiro o que é admirável, desejo alegrias, porém não desejo TODA  a alegria do mundo… não quero ser “rico”, não quero ser dono do mundo, nem de muitas coisas, nem quero ser dono das pessoas…..

Bom, os outros sujeitos que têm esta componente da “ganância”, quando se trata de X, então eles ficam revoltados com quem tem dois X que eles não têm e NUNCA terão!

Acho que, entendi, finalmente que um machista, nada mais é do que um sujeito que não se conforma por não ser mulher!!!

Anúncios

Uma resposta to “X x XX”

  1. Eliane gregory trajano Says:

    Isso de chama misogenia. Se ler alguns textos sobre na internet, de preferência de especialistas em comportamento social contemporâneo (sociologia), vai lhe ajudar a entender o que questiona neste texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: